25/06/2015

Eu, Robô

Postado por Jader Dalmas |

Sensíveis, divertidos e instigantes, os contos de Eu, robô são um marco na história da ficção científica, seja pela introdução das célebres Leis da Robótica, pelos personagens inesquecíveis ou por seu olhar completamente novo a respeito das máquinas. Vivam eles na Terra ou no espaço sideral; sejam domésticos ou especializados, submissos ou rebeldes, meramente mecânicos ou humanizados, os robôs de Asimov conquistaram a cabeça e a alma de gerações de escritores, cineastas e cientistas, sendo até hoje fonte de inspiração de tudo o que lemos e assistimos sobre essas criaturas mecânicas.

Verdadeiro marco na história da ficção científica, Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela primeira vez, as célebres Três Leis da Robótica: os princípios que regem o comportamento dos robôs e que mudaram definitivamente a percepção que se tem sobre eles na literatura e na própria ciência.

Eu Robô é um livro que engloba vários contos sobre robôs relacionados de modo cronológico, mas que se lidos individualmente não tiram o sentido da história. Dentro deste livro temos uma noção da incorporação dos robôs na sociedade, assim como a evolução de suas ações e interpretação do mundo até o ponto que os robôs acabam tomando conta do ambiente humano.

Para quem gosta de livros sobre ficção científica, este é ideal, uma vez que conta a evolução de robôs que tem uma mecânica capaz de executar pensamentos e coeficientes para certo ou errado, o que os possibilita ter senso de humor e personalidade.

O que mais me chamou atenção no livro foi que ao final da leitura, tem uma parte do livro dedicada a história do autor e como ele escreveu outros contos e livros que contribuíram para o desenvolvimento deste.

Em suma, este é um livro de ficção científica que interessará muito os amantes de tecnologias, robôs e computadores, assim como os curiosos sobre o assunto ou o pensamento que se tinha dos robôs antigamente, uma vez que o livro reúne contos do meio do século passado.

Um outro livro do autor Isaac Isimov já foi postado aqui no blog, para conferir a resenha clique aqui.

0 comentários:

Subscribe