14/05/2014

Um Porto Seguro

Postado por Jader Dalmas |

Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

Um Porto Seguro é um livro de romance juntando um pouco de drama e suspense, no qual a protagonista se encontra em uma situação de constante alerta devido ao medo do seu passado voltar a ameaçar o seu presente. Ouvi comentários de que este escritor parece gostar de finais trágicos, mas ao meu ver este livro não apresenta um destes finais, contudo o passado pode ser muito mais resistente do que se imagina.

Para quem gosta de livros de romance com um pouco de drama este é o livro ideal, pois Katie sempre sofre pelos problemas tanto de sua infância quanto de seu casamento, remetendo o leitor a realidade e suas dificuldades referentes a auxilio e apoio enfrentadas por mulheres na sociedade.

O que mais me chamou atenção no livro foi a insistência da protagonista em ser feliz e buscar a felicidade, entretanto achei que ela deveria lutar pelos seus direitos, pois ela conquistou-os por ventura do destino o que nem sempre ocorrem em todas as situações.

Em suma, o livro é muito bem escrito e exprime uma história sobre dificuldades sofridas ainda hoje por mulheres na sociedade moderna na qual o amor é o único refúgio. Para quem gosta de espiritismo, o final remete a alguns de seus conceitos.

Obs: Gostei muito mais da capa antiga.

0 comentários:

Subscribe