No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela... mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido.
Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny faria qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado.
De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.

Ladrão de Almas é um livro de romance histórico e sobrenatural que ao mesmo tempo que mostra a inveja e dificuldade sofrida pelas pessoas de pequenos vilarejos contada pelos relances que a protagonista tem de seu passado, leva o leitor de uma visão a outra da história em menos de um segundo. Estas visões ocorrem em um passado distante e quase sempre em ordem, mas sempre intercalando com o presente.

Para quem gosta de livros de romance que remetem ao passado ou contém criaturas sobrenaturais, este livro faz um mix dos dois, mostrando que a casca não demonstra o poder e conhecimento que uma criatura possa ter. Acho que o livro foi bem escrito, pois as emoções que a personagem principal vive confundem a leitura de sua história, demonstrando que seus sentimentos são passados enquanto conta seu passado.

O que mais me chamou atenção no livro foi a crueldade com que se remete aos acontecimentos passados, demonstrando que mesmo em contos sobrenaturais as criaturas mais novas são mais evoluídas mesmo detendo menor controle sobre seus poderes. O problema da protagonista é que ela não se dá conta de que está colocando a pressão de seus problemas em quem está lhe ajudando, o que torna a leitura do próximo livro muito mais entusiasmante.

Em suma, é um livro sobre criaturas sobrenaturais que vivem mais do que o comum, o que permite a protagonista contar toda a história de um vilarejo e de suas peripécias, assim como o romance que a acompanhou até seu retorno a cidade natal.

2 comentários:

Silvana Sartori disse...

Olá tudo bem?
Estou vindo aqui porque vi seu em um blog e
resolvi dar uma olhadinha, até porque é sempre bom a gente conhecer
blogs novos né? Eu simplesmente adorei o seu cantinho, sem contar que
seu layout é lindo. PARABÉNS. Espero que possamos ser boas amigas. Vou
te seguir, me retribui? Ficarei feliz com sua visitinha em meu blog e
que seja sempre bem vinda também =]

bjokas

lovereadmybooks.blogspot.com.br

Lili disse...

Obrigada Silvana! Seja muito bem vinda em nosso cantinho :) Obrigada pelo carinho e pode deixar que vou conhecer o seu também!

Beijos!!!
Lili

Subscribe