02/01/2012

Os Ladrões de Cisne

Postado por Liliane Cristine |


O psiquiatra Andrew Marlow tem uma vida pacata e organizada, compensando a solidão com a dedicação ao trabalho e ao passatempo da pintura. Esta ordem é destruída quando o célebre e carismático pintor Robert Oliver ataca um quadro na Galeria Nacional e se torna seu paciente. Internado numa instituição psiquiátrica, o pintor remete-se ao silêncio absoluto e recusa-se a revelar as razões que o levaram a atacar a obra de arte que retrata o corpo nu de uma mulher subjugada por um grande cisne branco. A única coisa que Oliver faz é desenhar repetidamente a figura misteriosa de uma bela mulher vestida à moda do período vitoriano. Desesperado por compreender o segredo que atormenta o génio, o psiquiatra embarca numa viagem que o leva a conhecer as mulheres da vida de Oliver e a descobrir um trágico segredo esquecido há mais de cem anos. À entrada do labirinto, Marlow não sabe ainda que também ele será acometido por uma estranha obsessão.

"Os fãs de O historiador ficarão contentes em descobrir que Os ladrões de cisne oferece, com fartura, os mesmos prazeres."
Washington Post

"Uma história sedutora sobre as obsessões, as perdas e o poder de manter a esperança."
San Francisco Chronicle

"Os ladrões de cisne deixa claro que obsessão é o tema de Elizabeth Kostova. Legiões de fãs esperam impacientemente, ou mesmo obsessivamente, por esse romance."
Publishers Weekly
 

Esse foi o primeiro livro que leio da autora norte-americana Elizabeth Kostova, cujo primeiro romance foi o livro The Historian (Junho 2005) publicado no Brasil com o título de O Historiador.

Para quem gosta de livro intrigante, misterioso e até mesmo um pouco exótico, vai com certeza gostar do livro. Além claro do romance que revela desde uma história de amor à moda antiga a um romance atual, tudo ao mesmo tempo. E o livro não é simplesmente sobre um psiquiatra e seu paciente, é sobre a vida e expectativa das pessoas, além de suas obrigações com a finalidade em proteger aqueles que ama, através da arte, beleza e a paixão.

Os ladrões de Cisne é uma trama cuidadosamente escrita, mas complexa e um tanto fora dos padrões tradicionais que vemos em histórias de mistérios por aí. Acho que é por isso que gostei tanto do livro...

Quando abrimos o livro, seguimos o narrador e psicólogo, Dr. Andrew Marlow, que tenta desvendar o comportamento aparentemente irracional do pintor e professor Robert Oliver. E embora seja Robert Oliver o primeiro mistério da trama, vemos também o Dr. Marlow obcecado por respostas, indo além do que é permitido na sua profissão e nós leitores instigados a descobrir esse grande e trágico segredo.

Em suma, Elizabeth Kostova capta com perfeição o mundo da França em 1800 e nos transporta para a vida dos artistas da época, nos unindo ao Dr. Marlow em desvendar pista após pista para revelar o verdadeiro segredo por trás dos Ladrões de Cisne.

Recomendo!

“...quando está sozinha, sentada no solário, tentando simplificar tudo, o beijo volta, enche o ambiente ao seu redor. Inunda as janelas altas, o tapete, as pregas de seu vestidos, as páginas de seu livro. “Por favor entenda que eu a respeito e a amo.” Ela não consegue deixar o beijo desaparecer.  Na manhã seguinte, já não quer mais deixá-lo desaparecer. Não tem más intenções – não prejudicará ninguém – mas deseja guardar este momento com ela pelo tempo que conseguir.” 

3 comentários:

Andreia disse...

Adoro ler romances que tenham um certo suspense, mas na actualidade isso parece ser meio impossivel. No resumo revelam logo (a sério) segredos que deveriamos descobrir no livro. Sei lá...Ao ler algo assim, quem sente vontade de descobrir o que se passa realmente no livro? :/

Nunca tinha ouvido falar dessa autora. Pelo que pude ler no post e naquela pequena citação, ela parece ser mesmo boa em mistérios. Vou procurar por ela e ver encontro algum livro que me chame a atenção.

Obrigada pelo post! ;)

Sweet-Lemmon disse...

O livro parece ser interessante mas não sei... não rolou uma química, sabe? rs
Quem sabe, se eu encontrar em alguma promo eu até dou uma chance?

Agora,fala sério essa capa! Eu achei feia demais.

Bjos!
Thaís

Evelyn Cieszynski disse...

Fiquei interessada no livro. Quero ler O Historiador, mas não sabia que era da mesma autora.

A história parece ser interessante. Adoro livros que investem em história com mistério.

Tá aí mais um que entra pra minha lista de leitura.

=)

Subscribe