11/11/2011

Miss Brontë

Postado por Liliane Cristine |


Charlotte Brontë passou a infância em pequena vila em Yorkshire, Inglaterra, criando com os irmãos histórias de um mundo imaginário. Anos mais tarde, usou a mesma inspiração para escrever célebres obras, entre elas a primorosa Jane Eyre. Mas, apesar do crescente sucesso e da aclamação da crítica, Charlotte almejava algo mais. Integrar-se à glamourosa Londres e conhecer celebridades do mundo literário não era suficiente para preencher o vazio que corroia sua alma. Miss Brontë: Um Romance é uma história envolvente e reveladora, que mostra o outro lado da família Brontë.

Para quem gosta de literatura clássica e para quem principalmente já leu algum livro das irmãs Brontë, irá se encantar com essa biografia que mesmo tendo sido criada como uma ficção apresenta mais especificamente das irmãs Brontë a vida de Charlotte Brontë. Descrevendo desde a sua vida simples do campo, dos seus amores perdidos, além de suas tragédias pessoais, até a sua passagem do anonimato ao sucesso.

Apesar de o livro ser de forma geral um tanto triste, ele é definitivamente real como todos os livros que Charlotte Brontë criou. Somente lendo esse livro descobri que as suas obras publicadas são de experiências reais, totalmente inspiradas em sua vida, ou seja, podemos enxergar em alguns de seus personagens pessoas que marcaram a vida da autora.

Discorrendo um pouquinho sobre o começo da carreira delas, o que mais me chamou a atenção foi quando uma das irmãs Brontë tiveram a excelente idéia em publicar seus livros através de pseudônimos masculinos. Por quê? Simplesmente porque naquele tempo era extremamente difícil uma mulher ser escritora, ainda mais de romances. Já que os homens não aceitavam e nem acreditavam que as mulheres pudessem ter ilusões tão românticas...

Assim que foram publicados os primeiros três livros em nome então dos “irmãos Bell” somente a obra de Charlotte Brontë teve uma avaliação positiva, tornado-se um dos livros mais lidos de ficção da época.

Emily Brontë em “O Morro dos Ventos Uivantes” recebeu críticas negativas como um livro muito sombrio e discriminando o livro como uma história de amor amaldiçoada e de vingança. Então, infelizmente tanto Emily quanto Anne não viveram para desfrutar de seu sucesso, morreram antes do público descobrir as suas verdadeiras identidades e somente muitos anos depois suas obras foram devidamente reconhecidas, tornando assim Charlotte Brontë a única das irmãs a ser ela mesma para o mundo e de ter o seu merecido reconhecimento já na época em que viveu.

Em suma, este livro é para todos os aficionados por leitura e para quem tem curiosidade em saber um pouco mais sobre a vida das irmãs Brontë. Para quem tiver a oportunidade de ler, definitivamente irá se encantar com uma leitura cheia de vigor, de vida e belas palavras, que com certeza incentivará todos os seus leitores a conhecer suas obras ou a reler principalmente a obra Jane Eyre com outros olhos...

3 comentários:

Daniela Tiemi disse...

Sou super fã da irmãs Bronte! rsrs
Por isso, adorei este livro. Não conhecia quase nada das histórias delas antes de lê-lo. Foi uma leitura mto agradável!
=0)
Bjo
www.livrosfilmesemusicas.com.br

Lili disse...

Oi Dani, eu so li o livro "O Morro dos Ventos Uivantes" acredita? Preciso ler urgentemente Jane Eyre. Mas, vai ser muito interessante ler agora o livro sabendo que o mesmo é bastante auto-biografico. Vou poder apreciar ainda mais a leitura ja que agora sei um pouco mais da vida de Charlotte Bronte.
Beijossss
Lili

Beli disse...

Ah! eu tb gosto das Brontë! "O Morro dos Ventos Uivantes" é um dos meus livros favoritos... Acho que gosto da intensidade sombria do livro. Tb gosto "Jane Eyre"... é intrigante!
Acho que esse livro é eu ia gostar de ler! =)
Bela resenha!^^

bjuss

Subscribe