Sinopse


"Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy Quatro semanas se passaram desde o acidente em que Ivy Lyons perdeu Tristan, o grande amor de sua vida, e deixou de acreditar nos anjos. Os dias têm sido difíceis e para superá-los Ivy busca forças na família e nos amigos. Sua grande motivação agora é ensaiar para a apresentação de piano no Festival de Artes de Stonehill, já que Suzanne, sua amiga de infância, pensando em animá-la, fez a inscrição, mesmo contra a sua vontade. Ainda sem saber lidar com os seus poderes angelicais, Tristan Carruthers conta com a ajuda de Lacey - um anjo mais experiente - para aprender a tocar nas pessoas, canalizar energia e voltar ao passado. Assim, os dois partem na busca por respostas para o acidente, por uma maneira de Ivy sentir Tristan e, principalmente, de mostrá-la que o acidente foi, na verdade, um assassinato. Todo esforço de Ivy para superar a perda de Tristan é interrompido por pesadelos que a fazem reviver o dia do acidente e se misturam com fatos do dia do suicídio de Caroline, ex-mulher de Andrew, marido de sua mãe. O temor de Ivy é acalantado nos braços de Gregory, seu irmão adotivo. Angustiado pelos contínuos pesadelos da amada, Tristan decide que é a hora de fazer contato e segue seu objetivo com a ajuda de Lacey. Mas como aproximar-se de Ivy se ela não mais acreditava em anjos e ele agora era um? O amor que os une será o canal para Tristan se aproximar de Ivy e alertá-la sobre as pessoas que estão ao seu redor. Será que todos em que ela confia são realmente seus amigos? 


A Força do Amor é o segundo livro que faz parte da trilogia Beijada por um Anjo da autora Elizabeth Chandler. Apesar de ser um livro mais voltado para o público jovem, ele poderá agradar todas as idades. Já que o amor é o tema central e todas as pessoas adoram um bom romance...

A história do segundo livro fala ainda da perda de Ivy, de seu grande amor _ Tristan.  E através das lembranças da morte de Tristan, o próprio descobre que não foi por acaso que seu carro quebrou. Ele então tem que encontrar uma maneira de dizer a Ivy que está em perigo e protegê-la.

O romance é doce e com certa dose de suspense, mas fiquei muitas vezes entediada ao longo do livro me perguntando por que alguém como a Ivy, que acreditava tão fortemente em anjos, agora com a morte de Tristan ficou tão descrente?!  Sei que a perda foi trágica, mas quando realmente perdemos uma pessoa tão querida assim, iremos nos agarrar com todas as forças as nossas crenças e a nossa fé...

Outro ponto que me incomodou foi terminar novamente o livro tão abruptamente, ficando no suspense literalmente!  Não gosto destes desfechos. Adoro ler series, mas que não terminem como novelas, já que em se tratando de livros não será de um dia para o outro que estarei lendo o próximo livro, então para mim essa forma de escrita não funciona!

Contudo, o livro é um bom entretenimento para quem gosta do gênero sobrenatural, para quem é adolescente acredito que também poderá gostar e para quem ainda não tenha lido muitos livros poderá achar muito interessante. Como já li muitos romances, acho que classifico o livro como razoável. Esperava muito mais nesse segundo livro e apesar de ter uma temática interessante acho que foi pouco desenvolvida... Mas é a minha opinião! E se você  leitor do Nossos Romances, discorda ou concorda, deixe seu comentario! Adoraria saber...

4 comentários:

Mirelli Lima disse...

Oiii
Concordo contigo, também esperei BEEEM mais desse segundo livro, mas foi uma pena, bem parado e não aconteceu muita coisa de diferente não. Fora que não se resolveu nada, nenhuma peça do quebra-cabeça no lugar. Enfim, espero que o terceiro seja melhor.

Beijos
;)

Cíntia disse...

Ai Lili, eu concordo contigo plenamente. E digo mais, como já li os 3 volumes, para mim a série deixou a desejar.
Bem razoável mesmo.
Beijos

Valdir Luciano disse...

Eu li e gostei, mesmo sendo razoável demais pro meu gosto. É uma história um pouco clichê e que já vemos e lemos muito por aí. Mas no mais é bom e agrada como um bom passatempo.


http://confissoesdeumescritor.blogspot.com

Grupo Central Editorial disse...

Parabéns pelo blog!

Subscribe